Preloader

Reposição de conteúdos – Química e Biologia

Inscrição no DSV Gratis

Introducão

Atualmente são apontadas por muitos pesquisadores como recursos didáticos importantes no ensino e na
aprendizagem de assuntos científicos, sobretudo no caso de temas complexos e que são reputados como
“difíceis”. Assim, acredita-se que as analogias favoreçam os alunos na compreensão de um domínio cientí-
fico que lhes é desconhecido, com base em um domínio familiar a eles, mediante a comparação de atributos/relações
comuns e não comuns entre ambos os domínios.

Objetivos

Após, analisamos as apresentações catalogadas, utilizando o Modelo TWA (Teaching with Analogies), proposto
por Glynn e modificado por Harrison e Treagust (1993), porque ele é relativamente simples em rela-
ção a outros (pela quantidade de passos previstos) e também porque considera essencial para a utilização
de analogias como recurso didático não só a compreensão das similaridades possíveis, como também a dos
limites de validade. Segundo o modelo TWA, deve-se procurar seguir os seis passos abaixo:

  1. Introdução da “situação alvo” a ser ensinada.
  2. Introdução da “situação análoga” a ser utilizada.
  3. Identificação das características relevantes do “análogo”.
  4. Estabelecimento das similaridades entre o “análogo” e o “alvo”.
  5. Identificação dos limites de validade da analogia.
  6. Esboço de uma síntese conclusiva sobre a “situação alvo”

Se você tiver alguma pergunta, ligue-nos em (88) 3112-1000